O chá verde é um tipo de chá feito a partir da infusão da plantaCamellia sinensis e é chamado de verde porque as folhas da erva sofrem pouca oxidação durante seu processamento, diferentemente, por exemplo, das folhas do chá preto.

É uma bebida muito popular na China e no Japão, porém seu consumo, principalmente no Brasil, vem se mostrando elevado por conta de suas inúmeras características benéficas para a saúde de nosso corpo.

Propriedades do Chá Verde

Em sua composição estão presentes: o manganês, caroteno, potássio, ácido fólico, vitaminas C, K, E, B1, B2. Com isso, o chá verde se torna um poderoso aliado na prevenção de doenças cardiovasculares. Seu consumo diário pode diminuir os níveis de colesterol LDL (ruim), melhorar as condições das artérias e proteger o sistema imunológico geral.

Benefícios do Chá Verde

De acordo com a nutricionista Paula Avelar, a seguir confira algumas propriedades deste chá como um suplemento para perder peso :

  • acelera o metabolismo;
  • possui função diurética;
  • desintoxica;
  • possui função antioxidante;
  • promove o emagrecimento.

Por que o chá verde emagrece?

O chá verde é considerado um termogênico. Tal função contribui com o aumento e a aceleração do metabolismo, promovendo a queima de gordura e, consequentemente o emagrecimento.

Além disso, a planta do chá verde é rica em tanino, substância que possui características antissépticas e adstringentes. Essa propriedade é indicada para limpeza de peles oleosas.

Preparo e consumo do chá verde

Segundo a dra. Paula o consumo do chá verde deve ser de 100 ml a 500 ml por dia. “De quatro a dez xícaras de água para quatro colheres de sopa do chá”, explica.

Em sua preparação deve ser utilizado o extrato seco de chá verde, colocando água para ferver e assim que começar a borbulhar, desligar o fogo e acrescentar o chá, deixando a bebida em infusão (tampada) por cerca de 3 minutos.

Com esse processo todas as propriedades da erva passam para a água e, dessa forma trazem os reais benefícios do chá para nosso organismo.

O chá verde pode ser bebido gelado, quente ou em temperatura ambiente. Depende do seu gosto. Pode ser indicado para ser consumido – na medida de meia a uma xícara – 30 minutos antes das principais refeições. “Ele contém cafeína e não pode ser ingerido após as refeições, pois, prejudicaria a absorção de ferro e Vitamina C pelo nosso organismo”, explica.

ATENÇÃO: se fizer o chá verde em sua casa NÃO deve adicionar nenhum tipo de açúcar nem tanto adoçantes artificiais. “Isso pode alterar suas propriedades e cortar seus efeitos”, esclarece.

Restrições de consumo

De acordo com dra. Paula, pessoas com hipertensão devem evitar o consumo do chá verde: o motivo é o fato dessa bebida possuir ação termogênica. Além disso, o chá “inibe a absorção de lipídeos e pacientes com pancreatite crônica não devem tomá-lo”, explica.

Gestantes, pacientes com glaucoma, com doenças psiquiátricas também devem ter atenção ao consumo. Para isso, a consulta junto a um profissional adequado é a melhor opção.

Qual o melhor chá verde?

Existem no mercado latinhas contendo o chá verde pronto para consumo. Algumas delas, segundo a nutricionista, são bem confiáveis e desempenham a função, surtindo bons efeitos. Já os saquinhos vendidos em caixinhas, também podem ser utilizados da mesma forma e medida que utiliza o extrato.

Porém a nutricionista alerta para que você compre esse três itens em lugares de confiança, principalmente em se tratando do extrato e a folha. Essa cautela é para você não correr o risco de consumir chá verde misturado com outra planta.

Vale a pena tomar?

Vale muito a pena, sim! A dra. Paula afirma que quem quer emagrecer de forma saudável pode usufruir dos benefícios do chá verde para atingir o objetivo. Lembrando que nada é milagroso. Paralelamente a isso, se deve ter uma dieta balanceada juntamente com a prática de exercícios físicos.

AUTORA: DANIELA SCHIAVON – Blogueira especializada em saúde e boa forma, avaliadora de produtos e suplementos. – Saiba mais sobre a autora

Atualizado em